Aeródromo de Coimbra, LPCO – Serviço AFIS

ATZ, Zona de Tráfego de Aeródromo, é um espaço aéreo de dimensões definidas implementado à volta de um aeródromo para protecção do tráfego local. A ICAO (International Civil Aviation Organization, 1988) define ainda tráfego local como, todas as aeronaves a evoluir na área de manobra de um aeródromo (no chão inclui a Pista) e todas as aeronaves a voar na sua vizinhança.

Foi definida em 25 de Agosto de 2017 a nova ATZ de Coimbra com os NOTAM A3160/17, D0486/17 e C0255/17.

A nova ATZ vem assim proteger o tráfego local no Aeródromo Municipal de Coimbra – LPCO,  também conhecido por Aeródromo Municipal Bissaya Barreto em Antanhol – Coimbra dando mais segurança às aeronaves que o utilizam.

Características desta ATZ: Limites verticais do GND/2000ft AMSL, Altitude de transição 4000ft. Classificação de espaço aéreo Golf.

Com a criação da ATZ foi igualmente implementado o serviço AFIS (Aerodrome Flight Information Service ou Serviço de Informação de Aeródromo) que irá providenciar informação útil para uma condução segura e eficiente das aeronaves. Esta informação será prestada por um AITA, que é um Agente de Informação de Tráfego de Aeródromo, que estará presente na torre do aeródromo e providenciará apenas e exclusivamente informação de voo para a condução segura e eficiente dos voos sob seu conhecimento dentro de um horário estipulado por NOTAM. Presta ainda o Serviço de Alerta às aeronaves.

Não deve ser confundido com Controlo de Tráfego Aéreo.

As práticas recomendadas pelos aviadores devem ser:

  • Preencher um Plano de Voo para uso do aeródromo ou do seu espaço aéreo.
  • Verificar procedimentos de entrada e saída publicados em Manual VFR.
  • Devem possuir comunicações bi-laterais.
  • Introduzir o QNH de acordo com as instruções AITA.
  • Procurar tráfego reportado pelo AITA.
  • Voar de acordo com as regras preconizadas para a classe de espaço aéreo Golf.
  • Reportar posições quando pedido, ao entrar e sair dos pontos estabelecidos e no circuito de tráfego de aeródromo.
  • Encerrar o Plano de Voo assim que possível após a aterragem.
  • Tomar em atenção ao tráfego nas imediações da pista, em caso de dúvida, borregar/abortar a aproximação.
  • Reportar sempre Pista livre.

Não esperar Autorização de aterragem, apenas será informado que a pista estará livre ou desimpedida para aterrar a sua aeronave.

Não esperar Autorização de descolagem, apenas que a pista estará livre ou desimpedida para descolar a sua aeronave.

Pista preferencial será informada pelo AITA.

REGRA DE OURO numa ATZ: VER e EVITAR.

Bons e seguros voos.

José Rocha. 26 de Agosto de 2017.

Nota: Este artigo contém hyperlinks embebidos em palavras ou frases, a bold e com cor diferenciada, que reencaminham para outros sítios da web de interesse para o assunto do artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *