Artistas na Aviação – Luis Malheiro (Sénior)

CAVOK.pt

Luis António N. S. Malheiro (1930 – 2013)

 

É sempre difícil falar de alguém que nos marcou a vida e de quem me incutiu o gosto incondicional pela aviação.

 

CAVOK.pt

 

Sempre conheci o meu pai a desenhar, nas mesas dos restaurantes, em pequenos blocos ou em qualquer pedaço de papel que estivesse a jeito. Apesar de ter uma carreira profissional que o poderia ter afastado do mundo da criatividade, encontrou sempre forma de aplicar seu gosto pelo design às áreas profissionais por onde passou, criou logotipos para empresas, boletins, maquetas, jornais, ou simplesmente e na maioria das vezes desenhos altruístas para os amigos e familiares.

Foi um artista multifacetado embora nunca quisesse ter sido reconhecido, efetuou várias peças em diversos tipos de materiais, alguns poucos ortodoxos. Mas a caricatura foi sempre a sua grande paixão, seguida da aviação, na qual se tornou um dos pioneiros do aeromodelismo em Portugal.

 

Deixou-nos uma vasta coleção de caricaturas únicas que utilizaremos frequentemente no CAVOK.pt

 

por Luis Malheiro (Junior?)

 

 

 

Partilhe esta página...

3 comments

  • Pedro Gomes

    Fantásticas as caricaturas! Mas o modelo de caravela intriga-me? Era um kit para montar?

    • luis Malheiro

      Olá Pedro

      Trata-se de um modelo original (escala 1/50), feito com balsas e outras madeiras. Os planos foram baseados em documentos do Museu da Marinha.
      Esta fez parte de um conjunto de (creio eu de 8) Caravelas originais que foram construídas pelo meu pai pelas Comemorações dos 500 anos da Descoberta do Brasil e que foram oferecidas pelo Governo Português a várias entidades.
      Fiquei com a primeira que foi usada como modelo.

      Luis Malheiro

  • Jaime Marques

    Caro Sr Luis Malheiro
    Adquiri dois desenhos a tinta da china e aguarelados feitos pelo Sr seu pai,e como achei estes trabalhos serem de muita qualidade (nomeadamente um deles com uma cena de surf genialmente divertida e magistralmente desenhada) fiz alguma investigação sobre o autor e cheguei a si.
    O motivo deste comentario deve-se ao facto de achar que o gosto que tive em encontrar e usufruir de um trabalho plástico de tal modo interessante (penso que foi a primeira vez que me ri a ver um desenho,tal a sua inteligência e sentido de humor) que me senti obrigado a partilhar os meus sentimentos,neste caso já com o filho…
    Abraço,
    Jaime

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *