Manifesto anti-aviões ligeiros… uma ode às avionetas.

“I want to buy an airplane… but my wife Cess-nah“: manifesto anti-aviões ligeiros… uma ode às avionetas… Fazendo um exercício de análise de composição de palavras por aglutinação, encontra-se rigor e justiça em “avionetas”: netas da aviação… Isto na perspectiva das imensas gerações de aviões ligeiros que têm marcado a história da aviação dita moderna. Clyde Cessna, o “Zé das […]

Continue a ler »

Sete virtudes capitais

Por altura das Festas, a tradição de algumas partes do país manda que se coma a “roupa velha” ou o “farrapo velho”… Por outro lado, há quem diga que “velhos são os trapos”… Mesmo havendo “pano para mangas” relativamente aos velhos assuntos que se seguem, proponho uma “manta de retalhos”, feita com “trapos de roupa velha” e por alguém que, […]

Continue a ler »

Força Aérea dos Agricultores: das abelhas à linha aérea…

O “Zé-Piloto” tem umas primas “avoadoras” mal-amadas: as abelhas! Conhecidas e reconhecidas, entre outras, pela sua extraordinária capacidade de orientação/navegação, as abelhas desempenham um papel determinante nos processos de polinização natural de algumas culturas essenciais para o Homem. Em relação a isso, está a assistir-se a um preocupante e misterioso desaparecimento das abelhas, o qual é atribuído pela comunidade científica […]

Continue a ler »

Céus de Portugal: um espaço aéreo multicultural

Os sotaques deixam adivinhar. As pronúncias não enganam. O inglês aeronáutico que entra e sai pela radiofonia aeronáutica em Portugal vem das mais diferentes partes do mundo. Realçam-se aqui alguns dos problemas associados à língua “oficial” da aviação. O inglês tem cerca de 40 dialectos. A estes juntam-se as versões regionais e as variações locais. Faltam, entre outros, os oxímoros, […]

Continue a ler »

Asas de uma esperança que se vê

Se Van Gogh não tivesse visto o mundo, teríamos nós a possibilidade de ver que o pintor holandês era um génio?… Beethoven continuou a compôr quando basicamente já não ouvia… Conseguiria ter continuado a fazê-lo se não visse o que o inspirava?… Se “os olhos também comem“, a comida teria o mesmo sabor se não a víssemos?… O cheiro de […]

Continue a ler »
1 2 3