Mike Silva

Mike Silva

Residente no Reino Unido desde 2004. Membro da British Microlight Aviation Association e detentor de licença de pilotagem de ultraleves PPL (M). Em 2010 criou o Portuguese Aircraft Restoration Group que reúne entusiastas de Aviação portugueses residentes em Inglaterra, que ajudam na preservação e restauro de aeronaves nos tempos livres. Autor e correspondente de alguns Media em Portugal e Inglaterra.

 

Contactar Mike Silva


Aeronaves: Guia prático para jornalistas
Em exclusivo mundial, eis o Manual para cobrir acidentes com aeronaves, usado numa conhecida universidade de jornalismo. Qualquer semelhança com a coincidência é pura realidade. Isto dos aviões só interessa e vende papel quando há mortos e tragédias. Feridos e incêndios. Atrasos e cancelamentos nos vôos ou atentados terroristas. É sempre uma azáfama nas redacções de alguns jornais, quando acontece um acidente com um avião, ou alguém liga a dizer que foi arrastado à força para fora de um avião. Montar ...
Ver o artigo
O roubo de motores ROTAX
Este é um fenómeno crescente por toda a Europa, e a gatunagem pouco se importa com pormenores como números de motor e registo anti-roubo. Os motores são vendidos a baixo preço para receptadores em países com muito pouca legislação e controle aeronáutico. Que fazer perante esta epidemia de roubos? “Em que posso ajudar o meu amigo?“ – Perguntou-me um senhor de boina e casaco impermeável que me viu a entrar dentro do hangar com uma máquina fotográfica. O seu olhar era ...
Ver o artigo
"Ir ao charco”- E se tivermos de amarar?
Embora seja uma situação rara que não aconteça todos os dias à maioria de nós, a possibilidade de termos de fazer uma aterragem de emergência na água, mesmo longe de um oceano ou de um rio é algo que tem de estar permanentemente na cabeça de qualquer piloto. Mesmo horas antes de voar. Tal como, espero, a esmagadora maioria de vós, ainda não me calhou na rifa ter de amarar. Este termo passa despercebido da maioria dos pilotos, possivelmente porque ...
Ver o artigo
Benavente e o Referendo
Escrevo estas linhas após regressar a um país que da noite para o dia viu a sua realidade violentamente mudada, e onde só daqui a alguns meses ou anos iremos perceber as reais repercussões. Os tempos que se aproximam são difíceis e recheados de incerteza. Mas o que não me sai da cabeça foi ter voado num Quicksilver e num avião acrobático pela primeira vez no 6º Aniversário da Tertúlia de Benavente… Mal podia acreditar no que tinha lido mal ...
Ver o artigo
CAVOK.pt
Numa actualidade em que cada vez mais a preocupação dos utilizadores é encherem o painel de instrumentos de televisões e ecrans, aipédes com ápes para tudo e mais alguma coisa, será que os conceitos básicos de segurança que costumávamos interiorizar e memorizar ficaram lá para trás? Vamos relembrar algumas mnemónicas fáceis de memorizar que podem fazer toda a diferença. Uma hélice que começa a rodar e provoca ferimentos. Um avião que se atravessou à nossa frente na perna final. Uma ...
Ver o artigo
Como voam os Pendulares?
Não é só um bocado de pano… A asa do Flexwing pendular é uma criação tecnológica desenhada para recriar o voo dos pássaros. Mas como é construída? Porque é que é flexível? Como descreve uma curva? Tudo o que queria saber sobre a concepção destes extraordinários, simples e populares aparelhos voadores e tinha vergonha de perguntar… Eu sei… Parece um bocado de pano com um tubo… Estes aviões sem manche, sem lemes de profundidade nem de direcção, nem ailerons nem ...
Ver o artigo
FLYER SHOW em Telford - Mike Silva
O FlYING SHOW  tem vindo a crescer de ano para ano. Mudou a sua localização há dois anos, e este ano mudou o nome, passando a ser patrocinado por uma das mais importantes revistas de Aviação do Reino Unido, a FLYER. Lá fora está um frio de rachar de Novembro, mas cá dentro a paixão da Aviação aquece-nos neste fim de ano… FLYER SHOW em Telford ( Texto e fotos Mike Silva para Cavok .PT- todos os direitos reservados ) ...
Ver o artigo
Mike Flying Leicester
O Clima não parece favorecer a prática do vôo em ultraleve em terras de sua magestade. Embora com bastantes dias de Sol, é com a oferta diversificada de frio, vento, chuva, grazino, gêlo e neve que São Pedro escolhe brindar estas ilhas durante grande parte do ano. Acompanhem-me neste breve vôo sobre a terra onde nasceu o motor a jacto, o pneu com câmara de Ar e a locomotiva a vapôr. Por Mike Silva São Sete horas da manhã. O ...
Ver o artigo
Mike Silva Vulcan
Nos anos 70 andávamos a brincar na rua em Almada, quando de repente um grande “triângulo preto” passou por cima de nós, com um barulho ensurdecedor. Pensávamos que era uma nave espacial! 40 anos depois, mal sabia eu que iria estar envolvido no seu regresso aos céus…E que iria acompanhar os seus momentos finais. Por Mike Silva   Deixem-me tentar explicar o que é o Vulcan, por palavras minhas: É basicamente um avião do tamanho de um parque de estacionamento, ...
Ver o artigo
Opinião sobre os acidentes envolvendo ultraleves
Por Mike Silva  (Coordenador do Portuguese Aircraft Restoration Group, membro da British Microlight Aviation Association e detentor de licença de pilotagem de ultraleve emitida pela CAA inglesa)   Este ano juntei-me a vós, lamentando a perda de vários companheiros nossos . Tenho lido as mais diversas opiniões sobre as causas dos acidentes, umas mais avalizadas que outras.  Numa tentativa de tentar perceber o que se passa, permitam-me como entusiasta da Aviação e praticante desta actividade ,deixar também aqui a minha ...
Ver o artigo
Mike Flying
Desde que me interessei por aprender a voar um avião, que uma das primeiras coisas que comecei a ouvir e a ler, foi de que o ideal, seria ter apenas e um só instrutor, do início ao fim do curso. Numa situação ideal, chegaríamos ao aeródromo, prenchíamos uns papéis e uns formulários, e alguém chegaria ao pé de nós e nos apresentaria um instrutor. “ .. Sôr Silva, este amigo aqui vai ser o seu instrutor…” . Pelo menos era ...
Ver o artigo
As vedações da ignorância
Porque existem barreiras aos visitantes nos airshows e eventos ? Barreiras costumam ser para adeptos futebolístas arruaceiros. Ou para o gado. Como posso eu mostrar os aviões ao meu filho, a dez metros de distância, ou explicar-lhe que as outras pessoas lá ao pé do avião, podem lá estar porque são “conhecidos”? Lembro-me de há uns anos ir a Tires, tentar mostrar uns aviões ao meu filho. Tudo o que consegui ver, foram Cessnas a mais de vinte metros, por ...
Ver o artigo
Apologia do vôo
Apologia do vôo Porque é que gostamos de Aviação? Porquê esta paixão pelo vôo? Esta paixão pela embriaguez de nos separármos do solo, de ganharmos uma terceira dimensão? Porque é que de cada vez que ouvimos o barulho de um motor a gemer por entre as nuvens, corremos cá para fora ? Não sei. Tem sido assim, desde que nos conhecemos por gente. Logo a seguir ao triciclo, os aviões foram o nosso principal interesse. Acredito que os riscos que ...
Ver o artigo